Caminemos Juntos: México 2017 (Português)

"Você sabe por que sou Anglicano?" Perguntou um dos líderes da Igreja do Grande Pastor, a maior igreja da Comunhão Anglicana na América do Norte (ACNA) no México. "Sou Anglicano porque a Igreja Anglicana é uma igreja cheia do amor de Deus". Durante um tempo de testemunho e reflexão sobre o que Deus havia feito durante a semana de atividades do Caminhemos Juntos, líder após líder compartilhou testemunhos e comentários semelhantes. Muitos foram profundamente tocados pelo culto de comissionamento no qual os participantes foram enviados ao mundo para plantar igrejas através do ato da lavagem dos pés. Em um contexto em que a liderança autoritária predomina, ver seu bispo e pastores lavando os pés trouxe lágrimas e profunda reflexão.

  Pablo Zavala compartilha a história da missão no Chile:

Pablo Zavala compartilha a história da missão no Chile:

Eu sou anglicano porque a Igreja Anglicana é uma igreja cheia do amor de Deus.

Mais de 50 líderes de 3 países (Chile, EUA, Brasil), 10 denominações e pelo menos 5 estados no México se reuniram para a Terceira Conferência Anual do Caminhemos Juntos: no México, em Fresnillo, Zacatecas. Este ano, além da conferência de dois dias, ocorreu um intensivo de quatro dias para o Treinamento de Liderança Intensivo intitulado: Missão e Identidade Anglicana. Junto com o Pastor Pablo Zavala (ouça o testemunho dele aqui), o missionário Christian Zúñiga (ambos do Chile) e Jonathan Kindberg (decano do decanato no México da Diocese do Sudoeste) lideraram o treinamento. O bispo Mark Zimmerman concluiu a semana pregando sobre a ascensão de Cristo e batizando 3 crianças como parte do culto dominical da Igreja do Grande Pastor.

  Bispo Mark na Igreja do Grande Pastor

Bispo Mark na Igreja do Grande Pastor

Um elemento de especial importância este ano foi a participação de estudantes e professores do Seminário de Todas as Nações em Ciudad Juárez, no México, na fronteira com El Paso, no Texas. Este seminário está começando a colaborar com o Caminhemos Juntos e com a ACNA na missão de plantar igrejas e evangelizar este país de mais de 120 milhões de habitantes. (Veja alguns testemunhos deles aqui). Os planos para a implantação de igrejas em Juarez e em outras cidades estão sendo desenvolvidos conforme as congregações no México realizam pequenos passos visando formar sua própria diocese no futuro.